05 de outubro de 2020

Instituto Alcoa incentiva Máscara + Renda em Poços de Caldas


 Instituto Alcoa é parceiro da iniciativa, que promove a geração de renda para costureiras e artesãs de todo o Brasil por meio da produção de máscaras. Em Poços de Caldas, o Máscara + Renda atenderá mulheres do Jardim Kennedy 

 

Diante dos desafios trazidos pela pandemia, nasceu o projeto Máscara + Renda, uma realização da Rede Asta e da Fundação Vale com a contribuição de diversos parceiros, como o Instituto Alcoa. A iniciativa mapeia costureiras de todo o Brasil em situação de vulnerabilidade social e que perderam sua renda mensal durante a pandemia, oferecendo a elas uma nova forma de geração de renda.  

Além das matérias-primas, as costureiras recebem uma renda de R$ 900,00 por mês, para a confecção das máscaras pelo período de três meses. Nas localidades onde o Instituto Alcoa atua, as máscaras produzidas serão doadas para organizações locais que serão as responsáveis pela distribuição das máscaras para as pessoas mais vulneráveis.  

De acordo com Monica Espadaro, gerente de projetos comunitários do Instituto Alcoa, a iniciativa demonstra a capacidade de diferentes empresas e investidores sociais em se unirem a favor de um bem comum. “Ela surgiu como resposta à crise gerada pela pandemia, mas certamente permitirá aprendizados e conquistas para além deste período desafiador. A iniciativa está alinhada à forma de atuação do Instituto Alcoa ao gerar renda para artesãs e costureiras e, ao mesmo tempo, oferecer máscaras para as pessoas que não têm condições de comprá-las”. 

 

Máscara + Renda em Poços de Caldas 

Em Poços de Caldas, a iniciativa atenderá preferencialmente moradoras dos bairros Jardim Kennedy 1 e 2 e as inscrições para o projeto devem ser feitas, de 5 a 16 de outubro, enviando nome, CPF e endereço completo pelo WhatsApp (21) 99756-3426.Serão selecionadas 18 costureiras para produzir máscaras de tecido, que serão doadas para organizações sociais locais, que atendem pessoas em situação de vulnerabilidade. Inscrições de mulheres moradoras da Zona Sul também serão aceitas, caso as vagas não sejam preenchidas pelo bairro Jardim Kennedy.  

Para Maria Cristina Gonçalves, consultora de assuntos institucionais da unidade da Alcoa em Poços de Caldas (MG), o projeto é muito interessante porque, além de distribuir máscaras para as pessoas, também envolve um processo de capacitação da comunidade, em especial, de mulheres de baixa renda. “Em Poços, estamos disponibilizando um investimento de R$ 100 mil reais. Nosso foco será as mulheres do Jardim Kennedy, bairro vizinho à fábrica. Acreditamos muito nessa iniciativa pela capacitação de mulheres, em sua maioria, chefes de família que perderam suas fontes de renda com a pandemia”.  

 

Arquivos de Notícias


2020
2019