30 de novembro de 2020

Conheça o Jogo da Mobilização: 30 ideias para fazer e acontecer quando o assunto é educação de qualidade


Capa_Jogo-01

Idealizado pelo Estúdio Cais - Projetos de Interesse Público, em parceria com o Instituto Alcoa, o jogo coloca os desafios e oportunidades para a educação básica em pauta. De maneira lúdica - e inspirado pelos princípios da gamificação -, o projeto parte de um tabuleiro com cartas para engajar pessoas e inspirar soluções para demandas da sociedade brasileira. 

Para além da agenda da Educação, o jogo também busca ativar um valor que é transversal na atuação do Instituto Alcoa: o engajamento da sociedade civil. 

Como o próprio nome sugere, a experiência com o jogo provoca conversas em grupo e inspira iniciativas coletivas e colaborativas para a melhoria da qualidade da Educação. Propõe a reflexão coletiva, fazendo emergir mais conhecimento sobre o tema, além de novas ideias e caminhos de pesquisa para ativar ações práticas na localidade.

Rodrigo Bueno, um dos idealizadores e diretor do Estúdio Cais, comenta sobre a iniciativa. "O jogo surgiu a partir de uma reflexão no Estúdio Cais sobre a necessidade de discutirmos a pauta da Educação na sociedade de forma natural, porém com profundidade. O Instituto Alcoa comprou a ideia na hora”. E acrescenta: “A proposta é, de maneira lúdica, desafiar os cidadãos a se envolverem com o tema e oferecer repertórios sobre como avançar para garantir uma educação básica de qualidade a todas e todos”. 

As Equipes Líderes de Relações Comunitárias da Alcoa já receberam a capacitação para a realização do Jogo da Mobilização e estão aplicando a atividade em diversas ações comunitárias, incluindo os ACTIONs.

 

Como jogar  

O jogo funciona a partir de duas pessoas, para que seja possível a troca. Não há número limite de participantes. O recomendável é que, para grupos a partir de seis pessoas, seja feita uma divisão de subgrupos, por eixos temáticos.

São 30 cartas organizadas em cinco possíveis caminhos temáticos, cada um com uma cor correspondente. Os temas são: políticas públicas, articulação, comunicação, participação e valorização. Cada um dos caminhos possui seis cartas. As cartas trazem à frente a mensagem “Para começo de conversa” e no verso “Ideia mobilizadora” e “Fica a dica”. 

O primeiro passo é definir quem será o primeiro jogador. Ele deverá pegar uma carta e ler a mensagem “para começo de conversa" e responder a pergunta ou fazer o desafio proposto. A pessoa pode responder individualmente ou formular uma resposta em grupo.  

Em seguida, o jogador vira a carta e lê a “Ideia mobilizadora” e se inicia novamente uma roda de diálogo. Logo em seguida, o grupo decide se a carta escolhida vai para a “Prateleira”, para um outro momento de discussão, ou vai para o “Castelo de Ideias”. 

Ao final da conversa sobre as seis cartas do caminho escolhido, o grupo pega todas as cartas que foram para o “Castelo de Ideias” e define se quer discutir mais sobre o tema, aprofundar-se em novas pesquisas ou se já pode partir para a ação com a divisão de papéis e responsabilidades.  

O Jogo da Mobilização tem a missão de fomentar o debate sobre políticas públicas efetivas no campo da educação que estejam ao alcance da gestão pública municipal e da participação da sociedade em sua execução. Trazendo a sensibilização sobre a agenda da Educação para o poder público, empresas, organizações sociais, educadores e indivíduos. 

Acesse o Jogo da Mobilização e participe!