17 de outubro de 2019

7o Painel Comunitário em Poços de Caldas compartilha impactos positivos no território


Evento reuniu lideranças da Alcoa e do Instituto Alcoa e representantes de organizações parceiras e do poder público local para um dia de celebração e visitas aos projetos

WhatsApp Image 2019-10-04 at 14.53.49

Entre 2015 e 2017, mais de R$ 1,5 milhão foram investidos pelo Instituto Alcoa e Alcoa Foundation nos projetos comunitários selecionados pelo Programa de Apoio aos Projetos Locais na região de Poços de Caldas (MG), um dos territórios em que a Alcoa está presente. Milhares de pessoas foram beneficiadas por meio de 26 projetos de 23 instituições de Poços de Caldas, Andradas (MG) e Divinolândia (SP).

Os resultados foram celebrados durante a sétima edição do Painel Comunitário no município, realizada no dia 4 de outubro. Mais uma vez, o evento reuniu lideranças da Alcoa e do Instituto Alcoa, bem como representantes de organizações parceiras e autoridades locais para compartilhar os impactos positivos gerados pelos investimentos nas comunidades, além de garantir a transparência da atuação do Instituto Alcoa na região. Rosa Garcia Piñero, presidente da Alcoa Foundation, e Otavio Carvalheira, presidente da Alcoa Brasil, marcaram presença.

Na ocasião, também foram compartilhados os resultados dos programas de voluntariado desenvolvidos pela unidade, como as ações comunitárias - que contaram com mais de 800 voluntários e garantiram a doação de mais de R$ 330 mil - e outras iniciativas como Projetos Cambará e Ciranda do Aprender, Programas ECOA e Cultivando a Mata Atlântica, Ação Comunitária Menina-Mulher, Conexão Sustentável Alcoa, Festival Mundaréu, Retratos da Terra e Projeto Cricket - os quatro últimos apoiados pela Alcoa por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura e ao Esporte.

“Hoje vivemos um daqueles dias que nos enche de orgulho pelo propósito e valores da nossa empresa. Um momento de prestar contas e também de celebrar com toda a comunidade o sucesso do trabalho comunitário desenvolvido em Poços de Caldas, Andradas e Divinolândia”, registrou Otavio Carvalheira, presidente da Alcoa Brasil.

Cerimônia e itinerância marcaram a programação

Na abertura do Painel, o momento de reconhecimento às instituições e voluntários da localidade foi acompanhado da apresentação da Banda Marcial do Solar das Magnólias, formada por pacientes com deficiências neurológicas, além da Exposição Retratos da Terra, com fotos produzidas pelas meninas do projeto Maria Cinderela, da Associação de Promoção Humana e Ação Social (APHAS). Os alunos do Instituto Semear também brindaram os convidados com uma apresentação de viola caipira.

O evento foi sucedido de visitas a algumas das instituições beneficiadas pelo Programa de Apoio aos Projetos Locais, quando as lideranças da Alcoa e do Instituto Alcoa puderam ver de perto os resultados de projetos comunitários como o Gráfica Rápida e o Parque Adaptado para Pessoas com Deficiência, ambos desenvolvidos pela Associação dos Deficientes Físicos de Poços de Caldas (Adefip).

O primeiro, com foco na capacitação profissional de jovens do Centro de Capacitação e Inclusão Profissional da Adefip, também oportuniza geração de renda a três pacientes que trabalham na gráfica produzindo desde papelaria até jornais e brindes.

Já o Parque Adaptado para Pessoas com Deficiência potencializa o desenvolvimento de crianças e adolescentes com deficiência e viabiliza atividades de lazer, recreação e complementação do trabalho realizado nas diversas terapias oferecidas pela instituição, além de possibilitar que os pais participem ativamente, fortalecendo os vínculos familiares.

A iniciativa já apresenta resultados clínicos positivos a partir da geração de novos estímulos e vivências motoras. As atividades de psicomotricidade foram potencializadas, impactando positivamente a inclusão escolar. Também foram aprimoradas habilidades de equilíbrio, fortalecimento de membros superiores e preensão palmar, orientação espacial, planejamento motor, entre outros aspectos.

Para José Gabriel Baeta, gerente administrativo da Adefip, o apoio do Instituto Alcoa fortalece a missão da instituição e remete à importância do papel que o terceiro setor desempenha na sociedade.

“Acreditamos que a própria sociedade é a grande favorecida com todo o suporte do Instituto Alcoa, haja vista que as associações em geral existem para melhorar o território em que estão inseridas. Costumo dizer que as associações ofertam ‘um copo de água para um mundo sedento’, considerando que ainda há muito trabalho pela frente. Entretanto, é com esse trabalho de formiguinha que conseguiremos erguer castelos à virtude e pontes ao desenvolvimento sustentável.”

Iniciativa ambiental encerra as atividades do Painel

A inauguração da Floresta de Bolso 1, no bairro Santa Ângela, encerrou a programação do Painel Comunitário. O projeto é resultado de uma parceria entre APS, organizações American Forests e Alcoa Foundation, que, por meio de um programa denominado Global Releaf, visa plantar árvores em diversas localidades onde a Alcoa tem operação.

É a segunda vez que o município de Poços de Caldas é contemplado com a iniciativa, que conta ainda com a parceria da Prefeitura Municipal de Poços de Caldas, por meio da Secretaria Municipal de Serviços Públicos, além da Rede Brasileira de Jardins Botânicos.

“Em nome de toda a liderança, agradeço a cada um que contribuiu com esses resultados que tanto impactaram positivamente a qualidade de vida das nossas comunidades: poder público, diretoria e conselho do Instituto Alcoa, nossos voluntários e membros do Conselho Consultivo de Relações Comunitárias. Um agradecimento especial aos representantes das instituições, que mais uma vez demonstraram toda sua seriedade e competência na gestão dos recursos dos projetos, superando, em muitos casos, os resultados esperados”, comemorou Walmer Rocha, gerente de operações da Alcoa Poços de Caldas.