Prêmio Alcoa de Inovação em Alumínio


06 de Maio de 2013

Uma patente muito importante

 

“A quem possa interessar: que fique registrado que eu, Charles M. Hall, cidadão dos Estados Unidos, morador de Oberlin, no condado de Lorain e no Estado de Ohio, inventei um novo e útil aprimoramento no Processo de Redução de Alumínio por Eletrólise; e eu declaro que o conteúdo a seguir é uma descrição completa, clara e precisa da invenção (...)”.

 

Foi dessa forma que o cientista Charles M. Hall registrou a patente número 400,766, para redução de alumínio. Conheça um pouco desse marco histórico de inovação.

 

Nos anos 1880, quando o alumínio era um metal mais raro que a prata, havia um nível baixo de produção nos Estados Unidos – apenas 56,7 kg. Frank Jewett, professor da Universidade de Oberlin, em Ohio, mostrou aos seus estudantes de química um pequeno pedaço de alumínio e disse que o descobridor da forma de comercializar aquele metal enriqueceria.

 

Charles Martin Hall era um dos estudantes. Desde seus 12 anos, fazia experiências com minerais no laboratório improvisado no pequeno depósito de lenha nos fundos de sua casa. Após se formar, Hall aprendeu a fazer alumina e criou seu próprio cadinho de carbono (um tipo de pote refratário resistente a altas temperaturas). Em fevereiro de 1886, ele banhou o cadinho com criolita e alumina para, então, passar uma corrente elétrica por ele. O processo gerou uma massa solidificada que, após resfriada, foi quebrada com um martelo. O resultado foi várias pelotas de alumínio puro.

 

Foi uma descoberta marcante. Mas, para levá-la adiante, Hall precisaria de dinheiro. Na cidade de Pittsburgh, na Pensilvânia, o jovem conheceu seis profissionais da indústria, liderados por Alfred E. Hunt, que ofereceram o apoio financeiro necessário.

 

O grupo de empreendedores fundou a Pittsburgh Reduction Company (Companhia de Redução de Pittsburgh) e construíram uma pequena fábrica onde agora localiza-se o bairro de Strip District. No dia de Ação de Graças de 1888, Hall e seu primeiro empregado, Arthur Vining Davis, utilizaram a técnica para produzir alumínio de forma comercial pela primeira vez.

 

Fonte: Alcoa Inc. http://bit.ly/17bf2GF 

  Clique para ampliar