Releases


23 de Maio de 2013

Projeto da Alcoa em Poços de Caldas recebe 15º Prêmio de Excelência da Indústria Minero-metalúrgica Brasileira

 

Projeto premiado tem foco ambiental e comprova o sucesso em metodologia da companhia para a reabilitação de minas de bauxita em Poços de Caldas (MG)


O projeto desenvolvido pelos colaboradores da Alcoa “Metodologias para recuperação de minas de bauxita em campos de altitude utilizando capim nativo” foi contemplado com o 15º Prêmio de Excelência da Indústria Minero-metalúrgica Brasileira, realizado pela revista Minérios & Minerales, na categoria Meio Ambiente.


A cerimônia da premiação, que tem como objetivo divulgar as melhores tecnologias, processos e conceitos aplicados em mineradoras de todo o País -foi realizada em 14 de maio em Belo Horizonte (MG) e contou com a participação dos autores do projeto vencedor, Paulo Roberto Zanatta, consultor de mineração da unidade da Alcoa em Poços de Caldas (MG) e Paula Marlieri, engenheira florestal da unidade da Alcoa em Poços de Caldas (MG).


O projeto premiado tem foco ambiental e comprova o sucesso da metodologia para a reabilitação de minas de bauxita em áreas originais de campos de altitude onde predomina o Capim Aristida sp, de forma a recompor a vegetação original nativa. “A identificação e o reconhecimento de que as gramíneas nativas (vegetação local) eram parte do bioma Mata Atlântica foram essenciais para implementar uma tecnologia de reabilitação de alto nível. As sementes de Aristida sp (capim nativo) foram introduzidas na área minerada, promovendo uma colonização e a cobertura vegetal natural.”, explica Marlieri.


“O reconhecimento demonstra o comprometimento da Alcoa com o meio ambiente, já que a sustentabilidade sempre permeou a estratégia da Alcoa. Um exemplo é o fato da reabilitação de áreas mineradas no País realizada pela Alcoa ter servido de referência para a legislação ambiental”, ressalta Nilson Souza, diretor de Sustentabilidade da Alcoa América Latina & Caribe.


Um segundo projeto da companhia, “Mina de bauxita da Alcoa valoriza mão de obra em Juruti (PA) e impulsiona a participação das mulheres na mineração”, desenvolvido por colaborador da unidade de Juruti (PA) da Alcoa, foi reconhecido pela premiação na categoria Recursos Humanos e Treinamento.


Sobre a Alcoa


A Alcoa Alumínio S.A. integra a Alcoa Inc, líder mundial na produção de alumínio primário, alumínio transformado, assim como a maior mineradora de bauxita e refinadora de alumina do mundo. Com atuação em 30 países, a Alcoa Inc. possui 61 mil funcionários e integra pela décima primeira vez consecutiva o Índice Dow Jones de Sustentabilidade. Presente na América Latina e Caribe desde o final da década de 50, a Alcoa conta com cerca de sete mil funcionários na região e possui operações no Brasil, Jamaica e Suriname. Neste ano, a companhia completa 125 anos de atuação no mundo.


No Brasil a companhia atua em toda a cadeia produtiva do alumínio, desde a mineração da bauxita até a produção de transformados. A Alcoa possui seis unidades produtivas e três escritórios distribuídos no Maranhão, Minas Gerais, Pará, Pernambuco, Santa Catarina, São Paulo e Distrito Federal. A empresa possui ainda participação acionária em quatro usinas hidrelétricas: Machadinho e Barra Grande na divisa dos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul; Serra do Facão em Goiás; e Estreito, entre o Maranhão e Tocantins. Em 2011, a empresa registrou faturamento de R$ 2.5 bilhões no Brasil. Em 2012, foi considerada referência em sustentabilidade e ficou entre as 21 empresas-modelo do Guia Exame de Sustentabilidade. Mais informações podem ser encontradas em www.alcoa.com.br.