03 de Dezembro de 2007

Projetos sustentáveis conquistam o 6 º Prêmio Alcoa de Inovação em Alumínio

Os quatro vencedores foram anunciados na quarta (28) em cerimônia de premiação ocorrida em São Paulo

Projeto de andador dobrável, unidade habitacional móvel compacta, fogão alternativo e gestão de resíduos sólidos foram os projetos vencedores do 6º Prêmio Alcoa de Inovação em Alumínio. Dos 1347 trabalhos inscritos neste ano, foram recebidos 241 e selecionados 11 para disputar a grande final. Os quatro vencedores foram anunciados na quarta (28) em cerimônia de premiação ocorrida em São Paulo. Eles receberam os prêmios das mãos de Franklin Feder, presidente da Alcoa América Latina e Caribe e de Mohammad Zaid, vice- presidente executivo de Estratégia de Mercado, Tecnologia e Qualidade da Alcoa Global.

A idéia vencedora na Categoria Planejamento de Gestão (modalidade estudante), foi o Sol-ão - Fogão Alternativo, com autoria de Paulo Henrique de Faria, Luciana A. Rodrigues, Luiz Fernando R. Alves e Márcio Hessel Verraci , estudantes de Tecnologia em Fabricação Mecânica do Centro Universitário de Itajubá (MG). A escolha do tema partiu da iniciativa de um dos integrantes do grupo. Depois de diversas conversas sobre o que apresentariam, os participantes chegaram ao consenso de projetar um fogão alternativo, de fácil construção e baixo custo, com amplas possibilidades de aplicação. A idéia do fogão é garantir a sustentabilidade ambiental por meio do conceito de reaproveitamento, no caso o alumínio. Os estudantes optaram por realizar um trabalho voltado para a área de responsabilidade social, pois consideram extremamente importante ajudar a comunidade carente. “Tínhamos confiança na competitividade do nosso trabalho, mas sabíamos da qualidade dos projetos que são inscritos e, por isso, a grande concorrência, revela Paulo Henrique de Faria, um dos componentes da equipe . Veterano, Paulo Henrique aprovou o formato de entrega do prêmio realizado este ano. “É muito adrenalina, mas é ótimo vibrar com toda a equipe na hora do anúncio”. 

Quem faturou o primeiro lugar na Categoria Planejamento de Gestão (modalidade profissional) foram os pesquisadores de Itajubá (MG) - Marcos André de Oliveira, Carlos Henrique Pereira Mello e Eduardo Miguel da Silva – com o trabalho o Selo-Aluminiar e a inovação do ciclo da reciclagem em busca da sustentabilidade. A equipe revelou, durante a cerimônia, que a idéia do trabalho surgiu a partir da análise da situação atual dos catadores de sucata e suas famílias dentro do ciclo da reciclagem do alumínio. “A partir dessa avaliação é que veio a escolha do tema, como oportunidade de criarmos uma solução multidisciplinar e ao mesmo tempo gerarmos um valor social. É uma forma de incentivar a reciclagem, ampliar esse mercado e, paralelamente, ajudar na conscientização ambiental”, contam. 

Na categoria Projeto (modalidade estudante), o grande vencedor foi o trabalho design e inclusão: projeto de andador dobrável, de autoria de Kauré Ferreira Martins e Eduardo de Mattos Egydio, do curso de Desenho Industrial da Universidade Estadual Paulista. Eduardo e Kauré disseram que a idéia para trabalhar um tema de inclusão social era fundamentá-lo na garantia de segurança, conforto e eficiência para a mobilidade das pessoas, principalmente as que utilizam andadores para locomoção. Para isso, passaram por um longo período de pesquisa na área de design, ergonomia e reabilitação para desenvolver o ‘andador dobrável’.

E o último vencedor da noite foi Lutero Proscholdt Almeida, arquiteto de Viana (ES), com Tatu – Hausmachine. Para ele, a proposta do seu projeto foi criar uma unidade habitacional móvel compacta, na qual o alumínio contribuísse desde sua concepção estrutural até a auto-suficiência energética. Ou seja, um equipamento que ofereça perfeitas condições habitacionais e cause o mínimo impacto ao meio ambiente. Vibrante, ele fez questão de dizer que compartilha a sua alegria e conquista com pais, amigos, e a organização do Prêmio. “Elogio a qualidade do evento de premiação e a Alcoa, pela criação e principalmente pelo formato que engloba uma diversidade de idéias”, conclui.

Os critérios utilizados para a escolha dos vencedores na categoria Projeto foram: grau de inovação da proposta, viabilidade técnica e comercial do desenvolvimento como produto, criatividade e apresentação. Já na categoria Planejamento de Gestão, a comissão julgadora considerou os seguintes itens: qualidade do planejamento, grau de inovação e originalidade, relação custo-benefício, potencial de aplicabilidade, apresentação e sustentabilidade. 

Mais um diferencial na premiação deste ano é que todos os estudantes que chegaram à final em cada categoria receberam R$ 1 mil. A mesma regra vale para os profissionais que participaram do Prêmio. Já os orientadores dos alunos ganharam um palm top e diploma. 

O estudante ou equipe indicada pela comissão julgadora como autor do melhor trabalho em cada categoria recebeu como prêmio R$ 9 mil e um troféu, com mais R$ 5 mil para o respectivo professor-orientador. Para a instituição de ensino a que pertencer o premiado, foram doados R$ 5 mil em equipamentos didáticos. E os profissionais tiveram direito a um prêmio no valor de R$ 11 mil em ambas as categorias.

Alunos de quase todos os Estados brasileiros, dos cursos de Design, Comunicação Social, Administração de Empresas, Arquitetura e Urbanismo, Engenharia, Economia, Fisioterapia, Moda, entre outros, de muitas instituições de ensino, se inscreveram neste ano para o Prêmio, com a idéia de produzirem trabalhos a partir das inúmeras possibilidades que o alumínio oferece, além de contribuírem para o desenvolvimento sustentável da cadeia produtiva do metal. Entre os profissionais, os que mais se inscreveram foram arquitetos, designers, administradores e engenheiros. 

“Estamos orgulhosos com os resultados de mais este Prêmio. Os trabalhos foram muito criativos e inovadores. Vemos que grandes idéias podem contribuir para o desenvolvimento sustentável e melhoria da qualidade de vida das pessoas”, afirma Franklin Feder, presidente da Alcoa América Latina e Caribe.

Menções honrosas e finalistas
Além dos grandes vencedores, os demais finalistas estiveram presentes à cerimônia de premiação. Veterano do Prêmio Alcoa, Thiago Augusto de Mendonça Caldeira, do curso de Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário do Leste de Minas Gerais, participou este ano com o trabalho - veículo de transporte urbano não motorizado. Segundo o estudante, a idéia de criar este projeto surgiu do gosto que ele tem tanto por carros quanto por bicicleta, aliado à necessidade atual de redução de consumo. 

Em 2004, Caldeira havia participado com o projeto de uma cadeira de rodas. Levou menção honrosa. O fato de não ter recebido o primeiro lugar não incomodou Caldeira. “No próximo ano, estarei aqui novamente!”, antecipa. 

Os trabalhos finalistas na Categoria Projeto (modalidade estudante) foram: veículo de transporte urbano não motorizado, de autoria de Thiago Augusto de Mendonça Caldeira, do curso de Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário do Leste de Minas Gerais; e Ivoleg – prótese em alumínio para amputados transfemurais, de autoria de Carlos Henrique Morellato, do curso de Tecnologia em Design, do Centro Universitário Vila Velha (ES). 

As menções honrosas dessa categoria ficaram com Nei de Souza Lima, do curso de Tecnologia em Meio Ambiente da Universidade Estadual de Maringá (PR) com o menino de alumínio e Jussara Ribeiro, Luiz Fernando Vales, Tiago Ribeiro Neves e Vinicius Girardi Silva, que cursam Engenharia Elétrica na Escola de Engenharia de São Carlos (SP), com o sistema de freios.

Os profissionais finalistas na categoria Projeto foram: Leonardo Molinar, Luiz Gustavo de Lima Batista e Wesley Morais Silva, publicitário e designers respectivamente de Goiânia (GO), com o pedestal torácico-lombar; Louise Brasileiro Quirino, Herbert L. Santos da Rocha e Itamar Ferreira da Silva, designers de Campina Grande (PB), com a mesa portátil para notebook. 

A menção honrosa dessa categoria foi conquistada por Milton André Garcia Sola, designer de São Carlos (SP), pelo trabalho alumínio, sustentabilidade e inovação no desenvolvimento de embalagens.

Em Planejamento de Gestão (modalidade estudante), os finalistas foram Alice Medeiros de Lima, Thályta Fraga Pacheco e Wilson Galvão de Morais Júnior, alunos do curso de Engenharia Química da Universidade Federal de Uberlândia (MG), com o Projeto Grua – gestão de resíduos urbanos de alumínio. 

Outro trabalho qualificado para a final foi: A sustentabilidade ambiental a partir da integração empresa-consumidor, de autoria de Juliana P. Potiens, Flávia C. Cravo, Murilo Henrique C. Gomes, Natália P. Dariva, Nathalia T. Romero, do curso de Comunicação Social da Universidade Estadual de Londrina (PR). 

Já os profissionais finalistas de Planejamento de Gestão foram Giovanni Maria Arrigone e Cristine do Nascimento Mutti, professores de Florianópolis (SC), com o Tubo de luz para iluminação de ambiente usando latas de bebidas de alumínio. 

“Todos os trabalhos que chegaram à grande final são, naturalmente, grande vencedores. Refletem o empenho, dedicação, criatividade e pela busca de soluções e alternativas sustentáveis, que possam contribuir para um futuro melhor”, enfatiza Feder.

Apoio
Uma novidade do Prêmio Alcoa de Inovação em Alumínio deste ano foi a colaboração da Associação Brasileira do Alumínio (ABAL), que forneceu palestras para suporte técnico aos inscritos. Na edição anterior, o concurso contou com apoio institucional de entidades como o Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB), Instituto de Engenharia, UniEthos, Associação de Ensino/Pesquisa de Nível Superior em Design no Brasil (AEnD-BR), Associação dos Designers de Produto (ADP), Associação Brasileira de Metalurgia e Materiais (ABM) e o Centro São Paulo de Design .

Embraer é homenageada
Durante a cerimônia, a Alcoa prestou homenagem à Embraer. A gigante brasileira do setor de aviação, representada pelo sr Artur Coutinho, vice-presidente de Operações Industriais da Embraer, foi premiada pela longa e vitoriosa parceria comercial entre as empresas. O troféu foi entregue pelo presidente Franklin Feder; Nemércio Nogueira, diretor de Assuntos Institucionais da Alcoa e pelos senhores Mohammad Zaid, vice-presidente executivo de Estratégia de Mercado, Tecnologia e Qualidade da Alcoa Global; Harry Kiskaddon, diretor comercial Aeroespacial da Alcoa Global e Colin Davies, diretor de vendas Aeroespacial da Alcoa Global.

Para fechar a noite de premiações, Mohammad Zaid fez um discurso destacando avanços importantes que a Alcoa tem conquistado no mercado e parabenizando a todos pela iniciativa de um Prêmio tão importante como o de Inovação em Alumínio. 

Sobre a Alcoa
Há 42 anos no Brasil, a Alcoa Alumínio S.A. é subsidiária da Alcoa Inc., líder mundial na produção e transformação do alumínio, que atua nos mercados aeroespacial, automotivo, embalagens, construção, transportes e no mercado industrial. A Companhia possui 123 mil funcionários em 44 países e foi nomeada, em 2007, pela terceira vez consecutiva, uma das empresas mais sustentáveis do mundo, durante o Fórum Econômico Mundial, em Davos, Suíça. A Empresa também integra pela sexta vez o Índice Dow Jones de Sustentabilidade. Alcoa é um das fundadoras da Parceria Americana pela Ação Climática (United States Climate Action Partnership - USCAP), uma associação composta por 10 importantes companhias norte-americanas e ONGs ambientais dedicadas ao trabalho pela redução significativa das emissões de gases causadores do efeito estufa. 

Na América Latina e Caribe, a Alcoa conta com mais de seis mil funcionários e opera em seis estados brasileiros - Pernambuco, Minas Gerais, Maranhão, Pará, São Paulo e Santa Catarina - incluindo uma nova mina de bauxita, que está sendo instalada em Juruti (PA). Possui operações também na Argentina, Chile, Colômbia, Peru, Venezuela, Suriname e Caribe. Além das usinas de Barra Grande e Machadinho, a Alcoa tem participação nos consórcios das hidrelétricas em construção de Estreito, na divisa do Tocantins e Maranhão, e Serra do Facão, entre os estados de Goiás e Minas Gerais. A Alcoa está entre as “empresas mais admiradas do Brasil” em 2007, segundo pesquisa publicada pela revista Carta Capital. A Empresa foi destaque no ranking 2007 das 500 maiores empresas, da revista Dinheiro, colocando a Companhia em segundo lugar no setor de Mineração e liderando os quesitos Gestão Financeira, Governança Corporativa e Gestão de Recursos Humanos. Foi também reconhecida no Guia de Boa Cidadania Corporativa 2006, publicado pela revista Exame, nas áreas de Valores e Transparência e de Governo e Sociedade. Mais informações sobre a Alcoa podem ser encontradas nos sites www.alcoa.com.br.