Relatório de Sustentabilidade




Alcoa

A Alcoa vem passando por um grande processo de transformação global dos negócios nos últimos anos.


O ano de 2015 foi muito especial para nós: celebramos os 50 anos da Alcoa no Brasil e os 25 anos de fundação do Instituto Alcoa. Somos muito orgulhosos de nossa história e, ao longo dessa trajetória, demonstramos o compromisso da companhia com o país, nossas pessoas e nossas comunidades.


As unidades de Juruti, no Pará, e São Luís, no Maranhão, bateram recordes de produção em 2015. Também começamos a exportar bauxita para novos mercados, fator que abre um leque de novas oportunidades de negócio. Ganhamos mercados no segmento de rodas e ainda desenvolvemos soluções inovadoras com o uso do alumínio no setor de transportes e de construção civil.


A Alcoa passa por um processo de transformação global dos negócios nos últimos anos. Em 2015, demos mais um importante passo nessa direção ao comunicar ao mercado nossa decisão de separar a companhia em dois grandes negócios. A nova Alcoa será focada em produtos primários, e a futura Arconic, dedicada aos negócios de valor agregado.


Em outra frente, foi dado andamento à reorganização iniciada globalmente há dois anos, tomamos medidas difíceis: suspendemos temporariamente a produção de alumínio primário na unidade de São Luís e encerramos a produção de metal na planta de Poços de Caldas, onde permanecem as operações de mineração, refinaria, fundição e pó de alumínio.


No Brasil, o processo de desvalorização cambial aumentou a competitividade das empresas exportadoras, e os negócios voltados ao mercado interno sofreram com a retração da economia. No caso da Alcoa, a mineração e a produção de alumina foram alavancadas, incentivados pela alta do dólar.


A comercialização do excedente de energia gerado nas nossas usinas hidrelétricas continuou sendo um dos fatores que alavancaram o resultado na Alcoa em 2015. Superamos dificuldades hídricas graças a uma série de iniciativas de reúso de água, melhoria na eficiência de processos, gerando redução no consumo, entre outros projetos importantes. Em relação às áreas de disposição de resíduos de nossas unidades, revisamos os processos que garantem a segurança das operações e reforçamos a interlocução sobre este tema em todas as comunidades em que estamos presentes.


Embora tenhamos uma forte cultura de segurança operacional, bem estruturada, com métricas e procedimentos, infelizmente tivemos uma fatalidade na unidade de Itapissuma. Redobramos a atenção nos procedimentos, reforçando nossas ações de prevenção.


Na área social, conduzida pelo Instituto Alcoa, fomentamos projetos em todas as comunidades onde atuamos, em 2015 lançamos o Conexão Sustentável, que leva o cinema às cidades remotas e vídeos para as universidades. Há dois anos, o Programa ECOA oferece educação ambiental voltada para a construção de sociedades sustentáveis, em parceria com estudantes e professores.


Em 2016, mantemos os fundamentos e os valores que fizeram esta empresa grande em seus 127 anos. Focamos em produtos e tecnologias que melhoram a eficiência, economizam energia, conservam os recursos e mantêm alto desempenho. Reiteramos o esforço contínuo para melhorar a nossa presença no país e nosso compromisso com a sustentabilidade em toda a cadeia de valor.


Boa leitura!


Ricardo Sayão
Presidente da Alcoa América Latina