Desempenho Ambiental


A Alcoa adota alternativas sustentáveis para suas operações por meio do engajamento de sua força de trabalho e de projetos de ecoeficiência.

 

Energia e Emissões 

 

Para fazer frente aos desafios atuais do setor de energia, a companhia busca a utilização de fontes limpas, que ajudam a reduzir impactos socioambientais e econômicos de suas operações. Possui participação acionária em quatro hidrelétricas: Machadinho e Barra Grande (Baesa), na divisa dos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul; Serra do Facão, em Goiás; e Estreito, entre Maranhão e Tocantins. Com o início da operação da usina de Estreito, no final de 2012, a companhia atingiu o nível de 70% de autogeração de energia elétrica. Com as usinas de Pai Querê, entre Santa Catarina e Rio Grande do Sul, e Santa Isabel, entre Tocantins e Pará, ambas em fase de licenciamento, a companhia tem o potencial de atingir até 95% de autossuficiência.

 

Programa de Eficiência Energética
Inventário de Gases de Efeito Estufa 

Redução das emissões de Perfluorocaronetos (PFCs)

 

 

Economize o Planeta

 

Lançada em 2012, pela Alcoa no Brasil, a plataforma virtual Economize o Planeta visa estimular o consumo consciente por meio de dicas e da calculadora de pegada de carbono, que auxilia na redução de emissões de gás carbônico dos usuários. Saiba clicando aqui.

 

Biodiversidade

 

Antes de iniciar as atividades de mineração ou de construir áreas de disposição de resíduos de bauxita, a Alcoa realiza estudos de biodiversidade local para identificar as espécies vegetais e animais e elaborar planos de recuperação. A companhia também investe na manutenção de três parques ambientais, mantidos voluntariamente em Poços de Caldas (18 hectares), em São Luís (1.800 hectares) e em Tubarão (12 hectares) – este em fase de implementação –, onde são promovidas atividades de educação ambiental, pesquisa e visitação. Em 2012, os parques ambientais receberam 13.498 visitantes.

 

Reabilitação de áreas 


 

Água

 

A Alcoa, em conjunto com a Ambev, maior fabricante de cervejas da América Latina, desenvolve um projeto para reaproveitar, nas operações de refinaria da Alumar, parte dos 3.100 m³ de água que a cervejaria trata em sua Estação de Tratamento de Efluentes Industriais e descarta, diariamente, no Rio Pedrinhas, no Maranhão. Dessa forma, a empresa complementa necessidades industriais e evita o uso de água de poços artesianos.

 

Resíduos

 

A Alcoa superou a meta estabelecida para 2020 de reciclar e reutilizar 75% dos resíduos destinados a aterros. Em 2012, a companhia diminuiu em 77% a destinação de resíduos a aterros, se comparada ao ano-base de 2005. Esse resultado é atribuído às soluções para os subprodutos gerados nos processos produtivos da empresa, em especial à reutilização dos finos de alumina na produção de alumínio primário na Alumar e em Poços de Caldas.