Usina Hidrelétrica Estreito


A Empresa

 

A Usina Hidrelétrica Estreito (UHE Estreito), no Rio Tocantins, é um empreendimento do Consórcio Estreito Energia (Ceste), com 25,49% de participação da Alcoa. Os outros integrantes do investimento são Tractebel Energia (40,07%); Vale (30%) e Camargo Corrêa Energia S.A (4,44%).

 

Com potência de 1.087 megawatts, a concessão de uso para a exploração da usina foi adquirida por meio de leilão, realizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) em 12 de julho de 2002. No final de 2006, o Projeto Básico Ambiental foi aprovado pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) e dos Recursos Naturais Renováveis, órgão vinculado ao Ministério do Meio Ambiente, obtendo, dessa forma, a Licença de Instalação para a construção da Usina Hidrelétrica Estreito. Inaugurada em 17 de outubro de 2012, a usina gerou cerca de 36 mil empregos diretos e indiretos.

 

A Usina Hidrelétrica Estreito traz mais confiabilidade no suprimento de energia nos sistemas Norte/Nordeste, beneficiando principalmente os consumidores industriais e residenciais instalados nesta região.

 

O empreendimento abrange áreas dos municípios de Estreito e Carolina, no Maranhão, e Aguiarnópolis, Babaçulândia, Barra do Ouro, Darcinópolis, Filadélfia, Goiatins, Itapiratins, Palmeirante, Palmeiras do Tocantins e Tupirantins, todos no Tocantins.

 

Por meio da realização de diversas audiências públicas, ocorridas de 2001 a 2004, o projeto de Estreito foi amplamente discutido em todas as comunidades locais dos municípios no entorno da usina de Estreito e de seu reservatório. Como resultado, as audiências públicas apontaram uma série de melhorias e compromissos que foram incorporadas no Estudo de Impacto Ambiental (EIA), resultando na obtenção da Licença Prévia, em abril de 2005, documento que atesta a viabilidade ambiental do projeto.

 

No final de 2006, o Projeto Básico Ambiental foi aprovado pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), órgão vinculado ao Ministério do Meio Ambiente, obtendo, dessa forma, a Licença de Instalação para a construção da Usina de Estreito.

A energia produzida pela UHE Estreito é incorporada aos sistemas Norte/Nordeste e Norte/Sul/Sudeste de transmissão de energia, sendo distribuída para todo o território nacional, para consumidores industriais e residenciais, inclusive para os moradores da região onde está localizada.


Saiba mais 

 

Meio Ambiente
Comunidade
Características Principais